Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Loucuras!!

             O Louco -Arcano do Tarot - Art Nouveau

Existe em nós a loucura de estarmos todos neste mundo, juntos com quem nos agrada e não.
Não somos capazes de amar quem nos causam medo, dor, prejuízos e ansiedades.
Seremos nós inadaptáveis? Claro que não.
Para renunciarmos a todos os valores que nos foram impostos ou condicionados, seriamos pelo menos taxados como irresponsáveis, ou loucos.
Mas quando é que realmente, renunciamos ao nosso status quo, e partimos em busca de nossa felicidade, encaramos o mundo com despreocupação, buscando mais vivacidade, sem preconceitos, sem regras, em busca da inocência perdida, penetrar no reino do desconhecido, pensar apenas em aventurar-nos levianamente?
Para isto, seria preciso a renúncia, e irmos para a vida sem expectativas estabelecidas, com ingenuidade, e insensatez, prontos até para quebrarmos a cara! Dispostos a nos envolvermos em algo novo, apesar da falta de experiência na questão, com imaturidade ou com o conhecimento mais profundo da vida.
Eis o quê representa O LOUCO no Tarot.  
Léah                                                                                 

24 comentários:

  1. Que ótima postagem, querida amiga. A alguns dias pensei nessas 'loucuradas' a que muitas vezes nos submetemos. Deixamos que aconteça conosco, né? Mas uma hora temos de virar o jogo: lutar pelo nosso emocional, deixá-lo quieto, em paz, fazendo seu trabalho o melhor possível. Na verdade, Léah, a culpa toda é nossa em deixarmos que alguém, seja A ou B, transtornar nossas vida, entrar para abagunçar. Outra das loucuras é a nossa ganância! Almejar da vida cada vez mais coisas, mais e mais. Senti tudo isso nesse texto. Senti que nós temos de ter as rédeas de nossas vidas nas nossas mãos. Traçar nossas metas e pronto. Você já pensou como os de fora abagunçam nosso equilíbrio? Nosso emocional? Está aí uma das loucuras nesse seu belo texto que gostei muito. Uma parada para reflexão.
    Beijinho, amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Louco represente o passo dado sem pensar nas consequências, esperando sempre o ótimo resultado, e mesmo quando dá tudo errado, acha que está tudo bem, é um momento meio infantil, quando se quer ser feliz a todo custo.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  2. Boa noite amiga Léah!
    Muito bom texto, não há como viver sem estarmos em nós!
    Renunciar a nós mesmos pelo amor de todos, sem exceção, isso é utopia, então vamos indo seguindo o sentir.
    Amei ler por aqui!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença e comentário,
      Bom fim e semana, beijinhos
      Léah

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada pelo comentário,
      (Ainda estou lendo o seu conto).
      Beijinhos, Léah

      Excluir
  4. Somos un compendio de cualidades de todos los colores, sentimientos buenos y malos lo mismo que los pensamientos, por consiguiente nos cuesta mucho amar a las personas que no nos gustan, o nos han ofendido en algo.
    Buen texto de reflexión.
    Un abrazo Léah.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que seja bem assim amiga, afinal os santos estão em outro plano, o máximo que se consegue é manter a educação.
      Amei o comentário, beijinhos, Léah

      Excluir
  5. ¡Hola Léah!

    Nos brindas un estupendo texto que me lleva a reflexionar sobre el concepto de amar.
    Y creo que amar es algo maravilloso, mas es difícil amar a quien te lastima el alma. Sin embargo, si se debe amar al pobre al anciano al niño que tiene falta de cariño por no tener unos padres adecuados, o si a caso es huérfano, amamos a los padres a los hijos a los hermano, a los amigos de verdad y a la pareja que hemos escogido y vise versa.

    El amor llega para todos, lo que ya cambia es amar a quien te hace daño, o a quien por la razón que sea, no te gusta su compañía.
    Ha sido un placer pasar por esta tu casa.

    Perdona mi demora es que estuve mal de salud.
    Te dejo un abrazo grande y mi inmensa gratitud.

    Se muy ,muy feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias pelo comentário, espero que estejas bem de saúde,
      beijinhos, Léah

      Excluir
  6. Olá Léah!
    Lindo texto amiga.
    Na verdade de loucos temos todos um pouco mas talvez não o suficiente para ousarmos quebrar normas e valores e sairmos em busca do caminho para a felicidade.
    Tenho um baralho de TAROT que não sei usar. Porque o comprei? Loucuras!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha, o baralho só não resolve, então é assim mesmo, fizeste o que o louco diz, compraste um baralho por impulso sem conhecimento, sem nada esperar. De vez em quando fazemos essas coisas ou até mais.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  7. Alguém disse, creio que Fernando Pessoa, que a vida era uma aberração da matéria.
    E a verdade ´q que a matéria sem vida própria lá se vai entendendo, mas a vida com autonomia e inteligente nunca se entendeu lá muito bem...
    Um belo texto, para ler, reler e refletir.
    Bom fim de semana, amiga Léah.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaime é assim sem pensar não dá, pois quem não tem cabeça o corpo paga.
      Gostei do comentário,
      beijinhos, Léah

      Excluir
  8. Bom dia, Léah
    Conhece o ditado que diz
    "De médico e louco todos temos um pouco"?
    É isso aí, amiga, somos todos um pouco loucos, mas essa característica faz parte do ser humano.
    Quem não for capaz de amar e odiar... é um ser vegetativo.

    Obrigada pela presença na Festa de Aniversário da minha “CASA”.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, se assim não for é hipocrisia. Afinal ninguém é santo!
      beijinhos, Léah

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Depois de algum tempo volto nesse espaço
    táo bonito e aconchegante para elogiar o
    que vc tem de bom ..belo post
    Um final de semana de muita paz
    Bjuss
    Rita

    ResponderExcluir
  11. Ingenuidade ou insensatez?
    Acho que não dá pra levar a vida sempre
    desse jeito..
    DE louco cada um de um pouco, mas acho
    prudente ser louco k, com os pés no chão k.
    Boa entrada de semana.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Eu acho que sou e sempre serei um pouco louca... a vida demasiado pensada... sufoca-nos de regras, imposições, e condicionalismos... e nem sempre a felicidade, convive muito bem com a razão... de vez em quando... quebrar a cara, até será saudável... é sinal que estamos vivos... e decidimos arriscar... e não estamos apenas formatados... tantas vezes, mais para agradar a outros, do que a nós mesmos...
    Adorei o texto, Léah! Que dá mesmo que pensar!...
    Beijinhos! Feliz domingo!
    Ana

    ResponderExcluir
  13. Hola Leah; Muy buena imagen y palabras, que llevan a reflexionar, la vida es imperfecta y muchas veces actuamos con un aire de locura, por arrebato, por rivalidad. Ciertas veces viene bien esos aires de locura para salir de la rutina y hacerse notar. Un abrazo amiga!!!

    ResponderExcluir
  14. Pois é, Léah, estamos todos sem saber bem que caminho tomar, com este país em frangalhos. Esta tua crônica, minha amiga diz bem da nossa falta de norte, do incentivo que nos falta, da confiança que não existe mais nos políticos. Estamos na encruzilhada, sem saber que caminho tomar.
    Uma excelente semana.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  15. Querida amiga, com certeza sabes da minha ausência forçada, durante um mês, aí no Brasil e por isso entendeste a minga falta de visitas aqui em tua casa. Sabes, Leah, muitas vezes gostariamos de fazer coisas diferentes, " loucas ", partir sem rumo, mudar de pais, etc, etc, mas na realidade não podemos; a vida condiciona-nos e muitas vezes troca-nos o caminho, obrigando-nos a seguir por outro bem diferente do escolhido. Costumo dizer que ela manda muito mais que nós e que nem sempre temos o poder de escolha. Amiga, desejo-te tudo de bom e espeto que não desanimes, pois o nosso querido Brasil vai encontrar o seu rumo. Um beijinho e boa noite
    Emilia

    ResponderExcluir
  16. Interessante crónica.
    Não sei absolutamente nada de cartas de Tarot.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir