Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

A Justiça

Fonte da imagem: https://www.flickr.com/photos/joanet/5797069081

Cada pensamento bom ou ruim desejado, cada palavra, cada injuria, cada prece nos serão devolvidos pelo Universo com a mesma força e intensidade. Se fazemos ou desejamos o bem ou o mal, é isso que receberemos na mesma proporção.
Fala-se da Justiça como o símbolo da imparcialidade. A justiça terrena dá-nos o que se plantou, a Justiça divina, nos julga por nossos atos cármicos. É crime e castigo, erro e punição, causa e efeito.

A Justiça representa o equilíbrio, a justa medida em todas as relações e trocas de atos e energias, é determinar até onde pode ir a liberdade e onde deve haver limites, até onde podemos ceder ou conter os ações, atitudes e vontades dos outros em relação a nós e vice-versa, é quando a minha liberdade acaba e a do outro começa.

“Segundo o filósofo Platão, justiça é dar a cada um aquilo que lhe é próprio...”

Nos sentimos injustiçados, injuriados, roubados e desrespeitados.
As nossas paredes estão ruindo e temos medo do que estamos perdendo, de viver o desconhecido, da fome, dos absurdos, e tudo isso nos leva a crer que nada voltará a ser como era antes, e descobrimos tardiamente que mesmo existindo bases sólidas não havia mais como sustentar a estrutura apodrecida!
As máscaras caíram, agora o que nos resta? Os culpados estão soltos, como cobras se enroscam e se aninham em suas recheadas poltronas.
Como nos libertarmos de nossos medos e desilusões? Onde buscarmos a esperança e como voltarmos a confiar na Justiça terrena?
Esta que agora nos falta, e mesmo que falhe, com toda certeza a Justiça Divina não falhará.
Léah                                                               Fim

23 comentários:

  1. Bonjour chère amie,

    L'être humain est bien désespérant !... Il y aurait beaucoup à dire, n'est-ce pas ?...
    Bien avec vous...

    Gros bisous 🌼

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desespero e a desesperança crescem na mesma proporção que a desonestidade e a corrupção.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  2. Por lo que se ve en el mundo, la justicia no es igual para todos. Los poderosos siempre se salvan porque, poderoso caballero es "don dinero".
    En cuanto a la justicia divina, es otra cosa, yo pienso que todo el mundo será perdonado, porque Dios no es como nos enseñaron de pequeños, un castigador, sino, es todo amor...
    Un gusto leer tu entrada Léah.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus não castiga, Ele dá a medida certa, a cada um pelo que merece. Não posso esperar que um assassino, tenha a mesma justiça que sua vitima, afinal Deus é JUSTO.
      Beijinhos, Léah

      Excluir
  3. A justiça só funciona até determinado ponto. Pelos menos nos países como os nossos, onde culpar uma pessoa é mais complicado que ir à lua...
    Gostei da sua reflexão.
    Continuação de boa semana, amiga Léah.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, aqui só os corruptos e políticos, têm foguete para chegarem até a lua, :-))
      beijinhos, Léah

      Excluir
    2. Oi, Léah, sei lá onde vamos parar, quando pensamos que a criatura vai ficar presa, pagar pelo que fez, vem lá um 'unzinho' e tasca um 'Habeas corpus' e tá feito a lambança! Não temos uma justiça eficaz, amiga. Por isso que as coisas estão assim e assim ficarão.Veja o que resultou uma medida dessas para a mulher do Cabral, tem filho? Então não vai presa, tem de cuidar do filhinho... E resultou disso, soltarem todas as presas grávidas ou com filhos desse país. Pronto, não precisa de mais nada...
      Então tá! Olhe o tamanho da desgraça!Não preciso dizer nada, né?
      Todos percebem.
      Um beijo, amiga, e sorte pra nós!

      Excluir
    3. Olá Amiga, acho que estamos encalhadas, ou descendo ladeira abaixo.
      As gravidas não foram soltas, isso é o que seria o logico, se houvesse lógica nas leis desta corja, o certo é que apesar de tudo que ela roubou junto com o maridinho, ainda estão comprando juízes,advogados,políticos, e a lei não a atinge. Quando o maridinho sair da cadeia vão gozar o dinheiro escondido.

      Excluir
  4. Olá! Gostei muito do teu espaço, tudo muito sábio. A justiça divina não falha mesmo! abraços, já estou aqui.

    https://ives-minhasideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Obrigada pela visita, volte sempre será um prazer.
      Léah

      Excluir
  5. Léah, li esta crónica e senti o tamanho do seu desespero, desilusão e tristeza.
    Não perca a esperança. Como diz o ditado "a justiça tarda mas não falha".
    Muita calma, amiga.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga por suas palavras.
      Beijinhos, Léah

      Excluir
    2. Amiga Léah, deixei em resposta ao seu comentário sobre o livro "Plenos poderes" de Pablo Neruda, uns versos em espanhol. São só para si. Beijinho.

      Excluir
  6. Lamento muito esse estado de desilusão, descrença, abatimento e desesperança em que viveis...
    A lei é cega, igual para todos e a Justiça que devia andar de olhos bem abertos, dizem que é cega...
    Que venham em breve, dias auspiciosos para vós.
    O meu grande abraço solidário.
    Beijo, querida Amiga.
    ~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga Majo, há de vir esse dia, com toda certeza.
      Beijinhos, Léah

      Excluir
  7. A justiça, Léah, no Brasil não é o que dela esperamos, principalmente com o Supremo Tribunal Federal, que já não é a digna corte de tempos passados, de pelo menos vinte anos atrás. Hoje vemos o caos em lugar da justiça, infelizmente.
    Gostei muito desta tua bela crônica, que assinaria embaixo.
    Bom domingo.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro só nos resta esperar o que a justiça Divina nos reserva.
      Abração, Léah

      Excluir
  8. A justiça terrena está ao serviço dos poderosos. De justiça tem muito pouco.
    Eu só acredito na justiça divina.
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Olá Elvira concordo com você, estou esperando com toda a minha fé e confiança.

    Amei 'Entre duas datas' e lá vou eu deliciar-me com "Carlota". Parabéns a você
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente os interesses pessoais e financeiros sobrepõem-se muitas vezes à justiça. Vamos acreditar que a justiça dos homens falha mas que a Divina não.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente, enquanto o poder, o dinheiro e a corrupção estiverem envolvidos... sempre haverá uma justiça para os pobres e remediados... e impunidade para os ricos, com influência...
    A justiça dos homens, deixa de facto, muito a desejar... mas acredito que a justiça divina... nesta vida, ou na outra... sempre chega!
    Beijinhos! Votos de uma feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Thank you for sharing valuable information nice post,I enjoyed reading this post.

    หนังไทย

    ResponderExcluir
  13. Amiga, esses dias recebi muitos abraços, reais e virtuais.
    É engraçado como um simples abraço faz-nos sentir bem.
    em qualquer lugar ou língua.É sempre compreendido...
    E abraços não precisam de equipamentos, pilhas ou baterias especiais,
    É só abrir os braços e os corações...

    Guarde este abraço da amiga Lourdes e tenha um lindo início de semana.

    ResponderExcluir