Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

quarta-feira, 8 de março de 2017

Conselhos do Mar

sol,mar, e gaivotas- óleo sobre tela (pintado em 2016)

 Olhei mais uma vez tudo aquilo, as caixas empilhadas encostadas no canto da grande sala esperando o dia de serem levadas para outro lugar, outra moradia. De repente, me senti tão cansada, e uma nostalgia se apossou de mim. Fiquei analisando todos os momentos de entusiasmo, todos as ideias e criatividade para decorar aquela casa que agora ia deixando para trás, o sol se esgueirando em fragmentos por entre as copas das árvores, faziam desenhos no chão passando pela janela, era um bom tema para uma tela, que eu memorizei para um dia quem sabe pintar. Já era parte de meu ser ver paisagens, motivos e cenas, que ninguém via, acho eu, em todos os lugares e circunstâncias. Lembranças vinham e iam até minha mente dos 16 anos em que aqui vivi, senti saudades de alguns e alivio por outros, mas todos foram momentos nossos, foram parte de minha vida, de nossas vidas.
O dia da mudança para a nova casa estava marcado, e eu estava ficando angustiada não queria pensar no passo que demos pois foi tão pensado, estudado e discutido, que não cabia medos e duvidas, agora era pra valer, era um novo começo. Entrei no carro com a intenção de buscar o nosso almoço, meu e do Henrique, antes resolvi estacionar na praia e ter uma conversa com o mar. Lá estava o sol lançando seus raios sobre as ondas colorindo-as de amarelo, nunca vou deixar de ver temas em tudo que olho, mas não queria pensar em telas nem tintas, estava apreensiva, com medo. Sentei-me na areia morna, imaginei-me mergulhando naquelas águas profundas, sentindo as ondas me levando para um lugar de paz e silêncio, e uma enorme calma se apossou de mim, foi como num transe que serviu para me acalmar.
A sala já estava fora do alcance do sol, nos sentamos no balcão da cozinha e degustamos nosso almoço, comprado num self servisse, pois meu fogão estava embalado numa caixa. e só me restava um portátil de uma só boca para fazermos um café.
A paz e a confiança voltaram a reinar em meu coração, é bom conversar com o mar ele é um ótimo conselheiro, agora foi dado o sinal da partida.

 FIM                                                                                                                                                Léah

14 comentários:

  1. Fiquei emocionada, estimada Léah...
    De facto quinze anos são quinze anos e muitas são as recordações vivas, mas importante é o facto de já estar calma e disposta a vivenciar novas experiencias, novas excitações e novas alegrias.
    Tenho a certeza que vai dispor de um bom atelier e que se vai adaptar lindamente.
    A tela está fantástica - linda, linda - com um realismo surpreendente!
    A presença do mar também me exerce um poder calmante e muito apaziguador... Penso que seria incapaz de viver longe dele.
    Tenho uma ofertinha para si no meu blogue. Vai gostar.
    Um abraço muito animador, querida amiga.
    ~~~ Beijos ~~~

    ResponderExcluir
  2. Bonjour chère amie,

    Il est bon de vous lire et d'admirer cette belle peinture...

    Devoir quitter une maison où l'on a vécu de longues années et qui est témoin de toutes vos joies et peines est toujours un sentiment douloureux même si la décision vient de soi.
    Il faut aller de l'avant et la nouvelle vie qui s'offre à vous sera certaine nouvelle, différente mais vous y ferez aussi votre nouveau nid et tout se passera bien.
    La mer avec le bruit des vagues est une belle confidente et nous régénère...

    Plein de bonnes choses à vous,
    Gros bisous 🌺

    ResponderExcluir
  3. Hola Léah.
    Un relato precioso de esos sentimientos que te vinieron en el traslado. Magnífica la exposición que me ha resultado muy romántica, sobre todo la primera parte. Lo has descrito como si estuvieras pintando un cuadro.
    Precioso relato como preciosa es la pintura que nos enseñas.
    Me encanta la marina, tiene un color muy real, el reflejo del sol en el agua, me parece perfecto.
    Mis felicitaciones por ese nuevo comienzo en el que te deseo mucha felicidad.
    Un besito.

    ResponderExcluir
  4. Emoción y dulzura.
    Una pintura muy bonita.Es un lugar para soñar y seguro que podrás seguir pintando muchas veces este precioso mar. TE DESEO LO MEJOR en esta nuevo lugar y felicidad. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo, tanto o texto quanto a tela que, com certeza o mar te inspirou e saiu essa "pérola"!
    A vida tem disso, nos dá todas as dicas de como nos tornarmos cada vez mais fortes e decididos, pois as mudanças são experiências e viver é assim, tudo tem de ser encarado como experiências de vida!
    Amei te ler aqui, que tenhas muita sorte em sua nova morada, pois sei que, assim como eu, escreves sobre sua vida e aqui compartilhas com obras de artes pintadas e escritas!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  6. Uau!!! Que texto bonito, Léah! É só emoção e uma certa melancolia por deixar coisas para trás, parte de tua vida. Também já senti isso, e colhe-se dúvidas, eu sei, amiga. Mas a vida tem etapas e chegou o momento de uma casa com menos serviço, mais fácil de cuidar. Você vai gostar quando ver como as coisas se tornam mais fáceis e portanto mais prazerosas. Confie agora no seu taco, na sua escolha, sua e de seu marido. E como é bom e estimulante enfrentar o noco! Vai nessa, amiga, e seja feliz, sempre.
    Beijo. Parabéns por esse texto, deixou seu coração falar...

    ResponderExcluir
  7. Como sempre, me entusiasmo com seu texto e esqueço de falar na pintura! MARAVILHOSA! O MAR SE PONDO, QUE REALISMO. LEVEI PRA MIM...

    ResponderExcluir
  8. Olá Léah.
     Nesta tua bela crônica tu falas na mudança tão pensada com teu marido, numa certa ansiedade (que deve ser normal) no momento da despedida da casa em que vocês viveram por dezesseis anos, mas como a segurança que todos temos é sempre relativa, no momento da partida, foste conversar com o mar, teu velho amigo, para tirar o peso de uma possível dúvida. é bem possível que foi proveitosa a conversa, embora algumas boas lembranças, da casa que fica para trás, vez por outra se façam presentes. Mas tudo haverá de dar certo. Vocês merecem, certamente. Parabém pela belíssima tela, que tem o título de sol, mar, e gaivotas, óleo sobre tela, pintado em 2016. Taís e eu estaremos torcendo por vocês.
    Abraços.
    Pedro 

    ResponderExcluir
  9. Un dipinto meraviglioso che parla di tranquillità e serenità . Ti auguro tanta felicità nella tua nuova casa. Abbraccio.

    ResponderExcluir
  10. Bela tela ilustrada pelas suas palavras da partida.
    Que seja um bom recomeço!
    beijinho

    ResponderExcluir
  11. ¡Hola, Léah!!!

    Estoy de viaje por las Islas Canarias y, desde mi móvil te he leído y te quiero decir que me encanta el texto que tiene mucho de poético!!! Siempre se añora aquello que dejamos atrás: sin embargo creo que el cambio estudiado y discutido, seguro que va a ser para mejorar disfrutar y ser feliz en tu nuevo hogar, que así sea, reina.

    Y bueno, la pintura es preciosa con ese mar de olas espumosas doradas por el sol que te inspiraron a las mil maravillas. Un cuadro exquisito.

    Mi felicitación! Mi estima y gratitud.
    Un abrazo y se muy -muy feliz.

    ResponderExcluir
  12. Querida Léah, o mar sempre nos transmite ensinamentos e nos acalma, além de ser muito inspirador como prova a sua belíssima tela.
    Fico muito contente por si acredite e decerto vamos ler como vai ser feliz nesse seu novo cantinho, um novo recomeço!

    Um beijinho

    O Toque do coração

    ResponderExcluir
  13. O mar é sempre um bom ouvinte...
    Gostei do seu texto e da sua tela, que é belíssima.
    Léah, tenha um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Minha amiga ainda bem que ao olhar o mar conseguiu encontrar a paz que tão preciosa é.
    Maravilhosa tela
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir