Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

domingo, 27 de novembro de 2016

A lógica e a Inteligência dos cães

 Natasha ( fotografia)




Natasha minha "cã" gooorda e gulosa machucou a unha da pata traseira que se abriu no sentido vertical, sangrou e inflamou não se sabe como se deu o acidente!
E lambia a patinha  que não parava de sangrar, e ficava choramingando, fizemos um curativo com o remédio indicado, demos um anti-inflamatório , colocamos atadura e enfiamos  uma meia de bebe, que ficou sendo igualmente lambida numa tentativa louca de arrancá-la, até que conseguiu mas só a meia. E continuou a gemer, morríamos de pena e a enchíamos  de petiscos, biscoitinhos, ossinhos de pele...
Colocamos outra meia, falamos cerca de cem vezes a frase: --Não lambe Natasha, deixa a patinha quieta—.
Ela é muito inteligente, parava, ficava olhando para nós, com a pata levantada a meio mastro, mas assim que virávamos as costas ela recomeçava a lambeção...
Dia seguinte mudamos o curativo imundo , e ela levantava a patinha, e gemia, dávamos um petisco ela se calava e ficava nos olhando esperando mais,  ate escutar a frase: ---Acabou, vai dormir, vai latir,,, Ela levantava a patinha e gemia!!!!  No terceiro dia a unha estava colada e a pata desinflamada, mais um dia de curativo e gemeção até que ficou boa.  Mas todas as vezes que queria um petisco levantava a pata e gemia, naturalmente  achando- nos ,seus donos tolos! Como parei de atender sua artimanha, ela desistiu ou esqueceu-se deste ardil.
As vezes ela me espanta, é mais inteligente que as outras duas, faz coisas que até os santos duvidam.
Observei que nós os humanos primeiro comemos a salada, que não costuma ser o mais gostoso de uma refeição, depois os pratos principais e mais saborosos, essa  é a lógica humana. Os cães primeiro comem o mais gostoso, carne, osso, depois o arroz com legumes
Talvez que se os cães e principalmente a Natasha  falassem nos diriam :
"---Claro que comemos o bom primeiro, vá que aconteça uma hecatombe e a gente só comeu aquele arroz com aqueles legumes sem graça, e como ficariam os ossinhos suculentos  e  as  carninhas ? certamente se perderiam, assim sendo primeiro o bom da vida depois se sobrar espaço e sempre sobra no meu bucho, a gente come o bate entope, tá? . ---".
Essa é a lógica canina.
 Fim                                                    Léah

19 comentários:

  1. Olá Léah
    Temos que aprender a usar lógica canina e não só com relação à alimentação. Precisamos nos reinventar a cada dia a aprender a fazer primeiro as coisas que nos dão prazer
    Mas enfim a mocinha ficou boa com tantas cuidados e mimos. Um viva para a lógica! Gostei!!!
    Uma semana linda e abençoada
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gracita obrigada pelo simpático comentário, beijinhos,
      Léah

      Excluir
  2. ...mas você sabe que eu nunca tinha pensado nisso? Nos entupimos de salada, depois a sopa e não sobra muito para o bom prato! Preciso mudar, amanhã deixarei a sopa (no restaurante) para último lugar. Quem diria que eu aprenderia uma lição dessas com tua câ??? Olha, amiga, tente dizer a ela que leva jeito pra nutricionista, pedagoga, psicóloga talvez...E que preciso ter umas aulinhas com ela!
    Adoro animais, em particular os cães. E que saudades tenho do meu, Léah, às vezes fico meio mal...choramingando pelos cantos... Não o esqueço nunca. Nem quero esquecer.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga um grande amor nunca se esquece, assim é com os nossos filhos/as caninos/as. Numa de minhas mudanças para outro estado, fui de carro com meu cão beagle no colo pois ele sofria do coração e não podia ir de avião, mesmo assim ele morreu no meu colo no meio da viajem, fiquei traumatizada e chorei todos os dias até adotar essas três beldades que tenho hoje. Um novo amor amortece a dor, pois esquecer jamais.
      Beijinhos, fique bem,
      Léah
      .

      Excluir
  3. Que preciosos los perros, me gustan muchísimos, como siempre se dice, es el mejor amigo del hombre y así es.
    Muy inteligentes son todos y la muestra está en la artimaña de la patita. Que graciosa, y seguramente que tengas muchas más.
    Me alegro que se haya curado porque cuando se ponen malitos por algo, da mucha pena.
    Un abrazo Leáh y que pases una buena semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elda fico muito triste e preocupada quando ficam doentes pelo fato de que não dizem o que sentem e temos que adivinhar, para medicar.
      beijinhos, obrigada pelo comentário,
      Léah

      Excluir
  4. Achei fantástica a sua cadela, e mais ainda a sua
    descrição dos fatos e o fechamento. Também nunca havia pensado nisso. MARAVILHA. Olha, aos poucos, depois da cirurgia de cataratas que foi bem sucedida , estou voltando aos blogs amigos. Um grande abraço. Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lourdinha que vou teres voltado bem e recuperada.
      Amei seu comentário e sua volta.
      Fique bem, beijinhos
      Léah

      Excluir
  5. A Natasha não é apenas inteligente, ela também
    teve muita sorte de ter sido adotada por vocês.
    Espero que logo ela esteja totalmente recuperada.
    Cuidados e carinho é certo que não lhe faltará.
    Uma boa semana, Leáh (também para Natasha).
    Abraços. Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Natasha já está conosco há 11 anos desde que nasceu, a idade canina dela é de 77 anos, está velhinha o que nos preocupa muito.
      Obrigada pelo comentário gentil.
      beijinhos. Léah

      Excluir
  6. Tive muita pena da Natacha, mas diverti-me imenso com a segunda parte da narrativa.
    Procedeu como fazem os bebés crescidinhos...
    Gosto muito do convívio com caninos.
    Léah, grata pelos deliciosos momentos de leitura, desejo-lhe uma semana muito agradável e feliz.
    Beijos, querida amiga.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida amiga, assim é minha vida com essas filhas caninas e felinas, me dão trabalho, preocupação, mas muita diversão que compensa todo o resto, preenche nossos corações com o amor que elas nos dão.
      Obrigada amiga, fique bem
      beijinhos
      Léah

      Excluir
  7. Os animais minha querida amiga,dão-nos tanta coisa, amizade sem cobrança, dedicação e uma sabedoria tão lógica como esta da sua Natasha :)
    Nunca chegarei a compreender como alguém consegue maltratar estes seres tão puros.

    Um grande beijinho para si e muitas festinhas para a Natacha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida amiga Fê, bem sei do seu amor pelos animais. Acho que maltratar um animal é de uma covardia sem tamanho me revolta, a ponto de ficar doente.
      Obrigada pelo comentário,
      beijinhos, fique bem Léah

      Excluir
  8. Olá minha amiga, hoje as fotos da inteligente Natasha, pois é, a natureza é sábia, rsrs, eu sempre fui uma criança que comia bem pouquinho, ainda hoje como pouco com intervalos até de doze horas!Sou assim, portanto sempre faço como a sua linda "cã"rsrs, como primeiro o que é mais saboroso, por fim é que vai o que alimenta sem ser tão atraente, pois o meu apetite acaba rapidamente, sendo assim o que é saboroso sempre vem na frente,rsrs!
    Amei ler aqui, abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ivone você deve ser bem elegante e magra como está na moda hoje, que bom, né? Eu tenho um ótimo metabolismo pois sou uma formigona gosto mais de sobre mesas do que de comida, e não engordo, não sou magrinha, nem gordinha, só pode ser o metabolismo, já a Natasha como diz meu filho:" Ela só não gosta do que não lhe dão", por isso parece uma boia com perninhas, mas muito amada.
      Obrigada pelo cometário, beijinhos
      Léah

      Excluir
  9. Espetacular esta sua cadelinha e tão bonita!
    São muito inteligentes estes seres, sem dúvida!
    beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você ela é um amor em todos os sentidos, tenho muita sorte de tê-la adotado.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  10. Achei graça à manha da cachorrinha, que queria muito mimo!
    Bom saber que o ferimento passou, sem muito transtorno!
    Tem um ar mesmo meigo! E certamente será uma companhia adorável!
    Beijos
    Ana

    ResponderExcluir