Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Feliz Ano Novo

Para todas as amigas e amigos um Ano Novo com 
muita saúde, paz, harmonia e que em 2016 o Mundo seja bem melhor para todos nós.
Léah

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

NATAL

(árvore de Natal do shopping Down Town no Rio de Janeiro Barra da Tijuca)



Cheiro de Natal
O abacaxi caramelizado soltando seu cheiro adocicado,
Os pêssegos, maçãs e mangas os mais cheirosos,
O pernil no forno crepitando, a bacalhoada o vinho  todos com seus cheiros e sabores, 
a agitação da cozinha,  a mesa posta o burburinho da família e depois a troca de lembranças no “amigo oculto.”
Conversas misturadas aos risos e gargalhadas, e num momento de silêncio saudades dos que se foram.
E quando tudo se acalma e os pensamentos aquietam percebemos o que está presente nos sabores, risos, conversas e odores, é o Espírito do Natal perfumando nossos sentidos, alegria e união.
Léah.

  A todos os amigos que durante o ano de 2015, me emocionaram e encheram minha vida com atenção e amizade, quero agradecer e desejar que tenham um Natal muito alegre com muito amor, saúde, fartura e muita paz em seus lares
Com todo o carinho Léah.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

O MAR



                                         Óleo sobre tela 45x35 ="mar azul"
O mar
Uma amiga que mora longe do mar veio visitar-me, estava ela com problemas existenciais e
procurou-me para matar  saudades de mim, do mar e conversarmos, fomos andar pela beira mar, pois o tempo não estava bom para mergulhos.
 Sempre que preciso por uma razão qualquer de stress vou até ele para me acalmar, esta frase foi o começo de nossa conversa.
“-O que o mar faz para te acalmar?_” Perguntou-me ela.
A agitação do mar pode parecer incoerência, mas para mim não é, o mar horas agitado, horas mais calmo traz a areia e leva de volta, bate nas pedras, é sempre um espetáculo de força, é a mão de Deus, a natureza nos dando constantes lições de vida que se observássemos procederíamos bem mais acertadamente, enfim mesmo que eu não possa entender ou explicar o mar me põe no eixo.
 É bom olhar em volta com calma, pois nem sempre o caminho é estreito às vezes, temos curvas e a via se alarga, Isto é, a solução existe só temos que confiar e buscar a saída.
Ela me olhou meio descrente, mas eu apenas respondi a pergunta feita com toda sinceridade. Sentamos num banco à beira mar e lá escutei todas as suas queixas, revoltas e lágrimas até ela silenciar se acalmar e ficar com o olhar perdido no vai e vem do mar, um tempo depois mostrou vontade de voltarmos para casa. Notei alguns sorrisos e disposição de enfrentar a situação.
Todos os nossos assuntos postos em dia e nos entupirmos de lanches “engordantes,” ela foi embora.  
Mais ou menos duas semanas depois ela telefonou-me dando boas noticias e falando do fim dos seus problemas.
Não sou prepotente e vaidosa para achar que foi nossa conversa que a fez sair da crise, acho que a calma a analise da situação vista por vários ângulos leva a pessoa a ter respostas, mas quem sabe o mar ouviu suas queixas e através de toda aquela energia e força que ele mostra, contaminou-a assim como a mim.
 Tomara! Porque se foi dez pontos para o MARavilhoso MAR.
Léah