Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Voar, voar




Queria voar, ver o céu de pertinho, sentir o vento me levando.
Queria voar exercitar minhas asas com a passarada,
Queria voar, ver as copas das árvores e pousar em seus galhos.
Provar o néctar das flores, ser livre não ter donos.
Ter muitos amigos, e vagabundear.
Cantar de alegria, e não para exaltar as dores.
Queria voar, colher meu próprio alimento.
Ao invés de ganhar.
O que será que fiz para viver nesta prisão?
Porque os humanos me prenderam, qual a razão?
Quando escutam meu trinar não estou cantando
Estou gritando socorro, pois  quero voar.
Será que não entendem que Deus me deu asas
Abram as portas, as janelas e deixe-me voar.
Queria voar sair ver o sol, a chuva, o mar.
Ter que viver e morrer nesta gaiola.
Vendo a paisagem aos pedaços.
É melhor morrer já que não posso voar.
 Adeus.
Léah
 desenho crayon
copiei de uma velha pintura minha,  que por erro de postagem saiu duas vezes, a velha pintura e o desenho.

16 comentários:

  1. Bonitas letras reclamando libertad, que hacen juego con la pintura del pajarillo enjaulado.
    Encantadoras las dos cosas.
    Un beso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Elda obrigada por tuas palavras carinhosas.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  2. Belas palavras em sintonia com a bela pintura...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo fotografo, obrigada por seu comentário muito gentil.
      grande abraço, Léah

      Excluir
  3. ¡Hola Léah!!!

    Pintura y poesía van unidas y envueltas el belleza: tu texto poético es un grito plagado de bellas metáforas que claman como alma en pena, por escapar, volar y vivir libremente. La libertad no tiene precio. Seamos libres aunque seamos pobres.

    Ha sido un inmenso placer pasearme por tus letras.
    Te dejo mi gratitud mi cálido abrazo y mi estima.
    Se muy muy feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Marina a liberdade para mim é o bem maior, não saberia viver sem ela. E realmente sofro quando vejo animais enjaulados ou presos em correntes, acho que esse tipo de pessoa a que comete estes atos é que deveriam de estar enjaulados. Mas a humanidade ainda precisa de muitos séculos para evoluir!
      Obrigada por sua visita e palavras tão delicadas.
      É um prazer tê-la como amiga.
      Felicidades, e bom fim de semana,
      Beijinhos, Léah

      Excluir
  4. Hola querida Leah: Hermosa poesía con aire de libertad y la acompaña tu bella pintura del pajarillo precioso que también quiere estrenar sus alas en un vuelo que lo lleve a explorar, conocer, y sentirse libre. Lo mismo nos pasa a las personas, lo peor es sentir atado y oprimido. Tus escritos tienen mucho sentimiento, mis felicitaciones y un gran abrazo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Querida Mercedes, tenho certeza de que o maior bem que temos é a nossa liberdade com ela podemos sonhar, lutar e sobreviver.
      Que bom que encontrei pessoas sensíveis neste blog, entre elas você. Obrigada por suas palavras tão delicadas.
      beijinhos, Léah

      Excluir
  5. Amiga Léah ,um passarinho (azul) preso assim é de cortar o coração.
    Se me permite vou levar o seu lindo desenho e o sentido poema para colocar no meu blogue brevemente pois parece que foi feito para mim :)

    Obrigada!
    Um Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Amiga Fê: Que bom que você gostou da pintura, esteja à vontade para usá-la, fico sensibilizada por saber que pensamos da mesma forma com relação à liberdade. Ela é o que me ajuda a viver e a lutar pelo restante de nossas necessidades.
      Beijinhos, Léah

      Excluir
  6. Uma tela linda e um triste mas belo poema.
    Deixemos os passarinhos voar em liberdade.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  7. Querida Maria: Deixemos foi para isto, primordialmente, que eles nasceram.
    beijinhos, Léah

    ResponderExcluir
  8. Todas preciosas.
    La poesía sale del alma y la pintura también.
    Una expresión de lo más auténtica.

    Bonito trabajo.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  9. Esta incorrectamente traducida. Lo siento.
    la segunda frase.

    ResponderExcluir
  10. Que linda sua crônica, um grito, um desespero, um sofrimento! Uma vida inteira preso... Só os humanos para fazerem tal atrocidade, sim, Léah, isso é tortura, atrocidade, nada mais.
    Beijo!

    ResponderExcluir