Minhas Pinturas

Seguidores

Minha lista de blogs

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Eis porque eu pinto


Eu não sabia como seria, mas o desejo crescia tanto que me sufocava, queria apenas satisfazer aquela pessoa que sou eu. Sentir e ver minha capacidade, meu desempenho ah, como queria!
Mas ficava amarrada ao medo de não conseguir, de ser um fracasso, e apesar dos impulsos de meu marido para que eu me testasse  me agarrava à insegurança
Sempre chega o dia em que você se senta na frente do espelho de sua alma e se autoanalisa, se cobra e quando esse dia lhe surpreende as verdades aparecem, percebi que como todos os mortais eu tinha vaidades, orgulho e prepotências, e medo do julgamento alheio, da crítica ao fracasso. Mas, decidi por um ponto final naquela situação e ver como seria me expor, mostrar meu trabalho, e fui bem vinda ao mundo da arte, recebi medalhas, premiações, mas  havia o outro lado disto tudo a competição, o massagear o ego. Deixei as exposições, e continuei pintando é claro, pois esse sempre foi o meu objetivo primordial.
Sei bem que palavras de incentivo, um olhar de apreciação é muito importante para um artista, e seja qual for sua arte, ela não pode ser só para si mesmo.
O maior prazer de um pintor/a que é o meu caso. É saber que seu trabalho traz alegria e enfeita um ambiente, não me importa se a obra foi aplaudida premiada, a mim não importa o que conta é  que alguém gostou nem que seja uma entre mil pessoas.

Léah
                                                    aquarela (papel satine liso)


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Dias raros

Há dias em que a monotonia toma conta, se espreguiça e deita em meu colo.
E em outros a agitação, a correria, o ter que fazer mil coisas me abraça apertado e sufoca.
Bom mesmo é ou são os dias nos quais posso programar o que quero e o que não quero fazer, sem culpas, esses são os chamados raros dias.
Nesses dias raros acho que até o mar é calmo se cumpliciando comigo, as cachorras me sorriem, sim porque elas riem, embora pensem que não! As gatinhas ronronam para mim, e meus quadros ficam mais bem pintados.
Podem acreditar esses dias existem e hoje foi um desses.
Léah                                      
                                                O Mar ( aquarela em  Arches satiné liso 300g)
                                                


quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Aquarelando

Pintora
Não sou poeta ou poetisa, pinto as cores
Pinto as flores, nuvens, e céus azuis ou tormentosos.
Pinto a alegria, a chuva, o vento, a nostalgia.
Pinto os mares, suas areias, pinto montanhas, caminhos verdes.
Pinto as pedras casas, casebres.
Mas não sou poeta,  pois quem me dera, saber cantar em prosa e verso

Todas as telas que já pintei.
Léah

Aquarela (treinando para melhorar a técnica)
papel Arches satiné liso 300g

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

margaridas

Margaridas são as flores que mais gosto, por sua singeleza, e gosto mais de pintá-las com aquarela do que à óleo, acho mesmo que elas foram  feitas para serem aquareladas a tela fica mais suave, pelo menos é assim que sinto.


.










sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Fim de Férias

Voltando das férias para minha casa, meu jardim, meus animais, meus pincéis e telas.
E melhor também é voltar ao blog, falar com amigos, ver suas artes, compartilhar. Retomar a vida, mesmo que seja rotineira tudo pode ser agradável até mesmo a rotina, pois muitas novidades e surpresas acabam trazendo um pouco de stress, eu prefiro deixar os acontecimentos mais eletrizantes e diferentes  para as férias...
Embora aqui no Rio de Janeiro, com o verão que está fazendo, tem-se  a impressão de que ainda estamos de férias, praias cheias, sol ardente, noites de lua, muita alegria no ar. Acho que o verão faz isso!
Mas, voltando ao trabalho, eis aí minha tela com uvas para refrescar.

Uvas
óleo sobre tela 30x20